Quanto ganha um psicologo?

Assim como em qualquer profissão, o salário de um psicólogo pode variar bastante a depender de alguns fatores. Hoje vamos falar um pouco sobre quanto um psicólogo tende a ganhar. Cada psicólogo no Brasil tem amparo legal para definir o valor dos serviços que oferece aos seus clientes. Espera-se que os profissionais tenham bom senso e muitos agem assim, enquanto outros, nem tanto. Muitas coisas podem entrar nesse cálculo, tais como as especializações que o psicólogo já fez, que costumam ser caras, o seu tempo de experiência profissional, o poder econômico da população local dentre outras coisas. A Federação Nacional dos Psicólogos é uma entidade sindical que defende os interesses profissionais dos psicólogos brasileiros. Ela sugere, em conjunto com os conselhos regionais de psicologia, uma tabela de honorários a serem cobrados por certos serviços. Para uma sessão de psicoterapia individual são sugeridos atualmente como limite inferior 151 reais e 45 centavos e como limite superior 259 reais e 65 centavos. É bom ressaltar que essa é apenas uma sugestão com base nos valores normalmente cobrados pelos psicólogos no Brasil. Veja a tabela completa no link que está no final da descrição do vídeo aqui embaixo. De acordo com um levantamento feito em 2018 com base em dados do Ministério do Trabalho e Emprego, um psicólogo clínico no Brasil ganha em média 2.538 reais e 89 centavos. Esse valor varia a depender da jornada de trabalho e outros fatores citados antes. Para exemplificar, um psicólogo cobrando 160 reais por sessão e que consiga realizar uma média de 20 sessões por semana, somará em torno de 12.800 reais no fim do mês. Ainda seria necessário descontar coisas como aluguel de imóvel, impostos, taxa do conselho e outros gastos para manter um consultório. Mas a realidade de uma grande parte dos psicólogos é pior, pois não é tão simples conseguir vários clientes que estejam dispostos a pagar esses valores citados. Muitos psicólogos trabalham com planos de saúde por conta disso. Planos de saúde pagam valores que tendem a variar em torno de 20 a 120 reais por sessão. Esse valor varia a depender do estado, do plano de saúde e do tipo de serviço. Desse valor, ainda costuma ser descontado em torno de 50% para a clínica e outra porcentagem de impostos até chegar no psicólogo. Alguns psicólogos podem acabar recebendo menos de 10 reais por sessão. Para compensar isso, os psicólogos podem tentar fazer uma quantidade excessiva de atendimentos, como atender 60 pessoas diferentes por semana. As chances desse psicólogo oferecer um bom atendimento a todas essas pessoas é certamente menor. Então essa lógica pode acabar sendo prejudicial para muitos clientes e para a saúde mental dos próprios psicólogos. Já quando falamos de concursos públicos existem salários bem altos e baixos. Um psicólogo concursado na Câmara Legislativa do Distrito Federal, por exemplo, terá um salário inicial de 15 mil e 800 reais e um concursado no Senado Federal, mais de 21 mil reais. Um psicólogo com título de doutor e que tenha passado em um concurso de professor adjunto em uma universidade pública pode ter um salário inicial em torno de 9 mil reais. Já um psicólogo concursado na Prefeitura Municipal de Macapá terá um salário inicial de 2 mil e 100 reais. Uma parte ruim dos concursos é que geralmente existem poucas vagas, essas vagas são altamente concorridas e demoram para abrir de novo. Por isso o jeito que vários psicólogos encontram de ganhar seu dim dim é na prática privada mesmo. Muitos também conseguem salários altos por meio da criação inovadora de serviços e empresas privadas. Nesse ramo, a criatividade e o código de ética profissional do psicólogo são os limites. No final das contas, tem psicólogo por ai ganhando todo tipo de salário, mas uma boa parte não ganha salários exorbitantes. Outras profissões, como a medicina, tendem a possuir médias de salário muito superiores. O início da carreira de um psicólogo, especialmente o clínico, pode ser difícil e bem caro para o próprio psicólogo. Então se a sua prioridade é ter um salário alto, talvez seja mais fácil e rápido alcançar essa meta em outras carreiras. Dito isso, vale enfatizar que profissionais dedicados e criativos encontraram na psicologia uma profissão na qual conseguiram uma remuneração satisfatória ao mesmo tempo em que se sentem realizados com o que fazem. De modo geral, os psicólogos ainda estão longe de receber o reconhecimento e a remuneração devida. A profissão de psicólogo têm sido desafiada por poderosas ameaças e muitos desafios ainda precisam ser enfrentados.
https://www.editorasanar.com.br/blog/quanto-ganha-um-profissional-de-psicologia